Recreação 

 

     Para muita gente, termos como lazer, ócio, lúdico e outros termos que agora não me recordo, são situações diferenciadas, mas aqui para nós tudo se entronca em recreação. Desde que seja divertimento, entretenimento, um meio de socialização, de vivência social, é recreação…

     Um grupo de amigos que resolve ir praticar ao desporto, ou fazer um espectáculo recreativo, reviver as tardes dançantes, jogar ao belho ou outros jogos tradicionais, sei lá, muita e muita coisa.

     E por que não, tendo em vista a realidade local, em colaboração com as escolas e outras associações ou estabelecimentos socioculturais, por que não encontrar a “recreação certa para a nossa terra?"

     E atenção, o ser “recreação” não significa de qualquer maneira…

 

 

 

 

     O termo Recreação é hoje passível de análise por muitas óticas diferenciadas. Para Uvinha (2008), “A recreação pode significar muitas coisas para muitas pessoas. É uma palavra que é reconhecida, em uso comum, e ainda é raramente definida de forma clara. Para alguns, ela pode ser usada intercambiando com o conceito de ‘lazer’; para outros, ela tem conotação mais específica, que define e distingue uma distinta área comportamental.”

     Aqui optaremos por distinguir a Recreação de maneira bem específica, como uma manifestação cultural que se caracteriza por divertir e entreter o indivíduo que dela participa. É por essência uma prática lúdica onde a participação busca ser prazerosa e produzir no individuo ou na sociedade um movimento de mudança positiva, de renovação, um revigorar da mente ou do corpo, ou ainda de ambos.

     Nos seus estudos Silveira propõe que "uma vivência recreativa típica sugere ser conduzida ou promovida por um profissional especialista ou instituição recreativa, e pode ter objetivo puro de diversão e entretenimento, bastando-se em si mesma, assim como pode visar um ganho adicional, intelectualsocialemocional, terapêutico, físico, entre outros." 

       A prática recreativa não é algo que possa ser pré-definida por um período do dia, por um tema ou por um local e não está relacionado a um fazer em específico. Está mais relacionado a uma motivação, ao que leva o indivíduo àquela prática ou vivência, assim como a abordagem lúdica e prazerosa no transcorrer destas. Na prática, o que para muitos pode ser trabalho, ou estudo, para outros pode ser recreação, por exemplo, para um músico profissional tocar um instrumento ou estudar partituras é trabalho. Este mesmo músico pode passar divertidas horas pescando e se recreando. Para um pescador profissional, por outro lado, pescar é trabalho sendo que talvez tocar um instrumento ou estudar uma partitura é que possa garantir-lhe boas horas de recreação!

     Para melhor compreender a recreação talvez valha a pena entender melhor também os termos que, por afinidades, cercam esta área e se relacionam intensamente com ela.

 

Pode seguir-nos em:

        

Contactos

Grupo de Promoção Sócio Cultural de Montargil Rua Luís de Camões
Apartado 2
Montargil
916603660 e 913477271 gpmontargil@gmail.com ranchodemontargil@gmail.com